Presidentes das entidades de militares estaduais participam de reunião com secretário de Administração

 

Nesta terça-feira (15), os presidentes das entidades de militares estaduais de Santa Catarina foram recebidos pelo secretário de Estado da Administração, Jorge Eduardo Tasca, para tratar da reposição inflacionária da classe da Segurança Pública.


Reconhecendo ser esta a classe com maior defasagem salarial, já que a última negociação remonta ao ano de 2013, o secretário adiantou que o Governo já vem analisando a melhor forma para aplicar a reposição, mas que a proposta só será apresentada após tramitar a Reforma da Previdência, que acontece no Congresso Nacional, já que há necessidade de se avaliar o impacto na previdência dos servidores civis e no Sistema de proteção social dos militares.

 

Ainda que não tenha apresentado alguma definição, o secretário de Administração informou que será mantida a simetria entre as remunerações das classes da Segurança Pública, e que sua equipe já vem analisando como a tabela do subsídio pode ser corrigida, incluindo o fim da IRESA, a reposição inflacionária, a adequação das correções de contribuição previdenciária para os civis e de contribuição para pensão dos militares estaduais.


"Foi uma reunião bastante produtiva, ainda sem muitas definições. Mas, vamos nos manter atentos nas negociações e continuar lutando pelos nossos direitos", afirmou o subtenente Flavio Hamann, presidente da ABERSSESC.

 

Foto: Divulgação/ABERSSESC

Please reload

Destaques

Conheça os contemplados para as cabanas durante a Temporada de Verão

10/11/2019

1/10
Please reload

Últimas Notícias