ABERSSESC lamenta e repudia a violência contra um sargento da reserva remunerada em Camboriú


Na noite desta segunda-feira (7), o sargento da reserva remunerada Orlando Moreira, de 59 anos, foi atingido por cinco tiros em uma farmácia do Bairro Monte Alegre, em Camboriú. O policial militar está internado no hospital Ruth Cardoso em estado grave. Passou por cirurgia, em que foi retirada uma parte do intestino, e está internado na UTI. A ABERSSESC lamenta pelo ocorrido, se solidariza com a família do sargento e repudia este tipo de crime.

Destaques
Últimas Notícias
Arquivo
Procurar por assunto
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Siga