Reforma da Previdência é tema de manifestação de Associações representativas de praças e oficiais de


As Associações representativas de praças e oficiais de militares da ativa, da reserva remunerada e pensionistas da Brigada Militar do Rio Grande do Sul participaram, no último dia 17, de um movimento em busca de apoio do governador do Rio Grande do Sul, quanto à reforma da previdência exigindo seus direitos, em especial a paridade e integralidade.


O movimento é considerado inédito. Para Leonel Lucas Lima, presidente da Associação Nacional de Entidades Representativas de Policiais, Bombeiros Militares e Pensionistas - ANERMB, esta luta não é apenas dos brigadianos, mas de toda a categoria a nível Nacional, buscando junto aos governadores de seu Estado o direito de permanecer com a paridade e integralidade assemelhada as forças federais.


Já para o presidente da ABERSSESC e diretor Nacional Região Sul, subtenente Flavio Hamann, que representa as entidades do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul _filiadas a ANERMB -, movimento foi vitorioso e uma demonstração de força e união das Associações representativas dos militares estaduais. "Este é só um exemplo que está se iniciando, visto que Associações de outros Estados também já estão se posicionando", disse.


Para Hamann é preciso buscar junto aos governadores um posicionamento favorável às reivindicações dos militares, ou seja, a inclusão dos policiais, bombeiros militares e pensionistas dos Estados, nas mesmas regras previstas para os militares federais, descritas no Projeto de Lei n.º 1645/19.


Fotos: Divulgação/ABERSSESC

Destaques
Últimas Notícias
Arquivo
Procurar por assunto
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Siga