ABERSSESC apoia o Maio Amarelo – mês de conscientização e prevenção de acidentes de trânsito

 

 

Há seis anos, o mês de maio é conhecido como Maio Amarelo, movimento organizado para conscientização e prevenção de acidentes de trânsito, chamando a atenção da sociedade, de entidades, de empresas e do governo para o alto índice de feridos e mortos. A ONU fala em poupar 5 milhões de vidas até 2020. Este ano, o tema da campanha é “No trânsito, o sentido é a vida”. A ABERSSESC apoia esta campanha e lança uma série de dicas para os motoristas, motociclistas e pedestres.

 

“Precisamos nos conscientizar que a vida deve vir sempre em primeiro lugar. As pessoas estão cada vez mais apressadas. Muitas fazem do trânsito uma verdadeira guerra. Porém, as ruas são para todos e todos devem, além de pensar em si, pensar nos outros também”, disse o presidente da ABERSSESC, subtenente Flavio Hamann.

 

Listamos abaixo algumas regras para carros, motocicletas, bicicletas e pedestres:

 

Carros e motocicletas:

  1. Todas as crianças menores de 7 anos e meio devem usar cadeirinha ou assento de elevação. Crianças de 1 a 4 anos têm de usar cadeirinha. Crianças de 4 a 7 anos e meio têm de usar assento de elevação com o cinto de segurança de três pontos do carro. Além disso, crianças de 7 anos e meio a 10 anos devem viajar no banco traseiro com o cinto de segurança do veículo;

  2. O cinto de segurança é obrigatório para condutor e passageiros, inclusive no banco de trás, em todas as vias do território nacional;

  3. O farol baixo é obrigatório em todas as rodovias estaduais e federais. Fora delas, o farol baixo é exigido para todos os veículos somente à noite e em túneis com iluminação pública - nos que não têm iluminação deve-se usar luz alta. A exceção são as motos, que precisam circular com a luz acesa o tempo todo e em todos os lugares. Já o farol de neblina só pode ser usado em caso quando mesmo à noite a visibilidade é reduzida por chuva forte, neblina, nevoeiro ou fumaça densa;

  4. O uso do capacete é obrigatório tanto para os condutores de motocicletas, tanto para o passageiro. Além disso, a viseira deve estar sempre abaixada (infração gravíssima).

Bicicletas:

  1. Acessórios obrigatórios: buzina, espelho e adesivos refletores na frente, atrás, nas laterais e nos pedais, além do uso de cotoveleira, joelheira e capacete (os últimos três não são obrigatórios);

  2. Não é permitido pedalar na calçada, a não ser que haja sinalização autorizando o tráfego de bicicletas;

  3. Na pista, ciclistas devem sempre transitar perto das bordas e os veículos maiores devem manter 1,5 m de distância lateral. Bicicletas não podem transitar de modo agressivo, costurando os carros;

Pedestres:

  1. Andar sempre pela calçada ou acostamento;

  2. Procurar não atravessar em frente a veículos estacionados;

  3. Respeitar o sinal, atravessar na faixa de pedestres e/ou passarelas;

  4. Ajudar crianças, idosos e pessoas com deficiência a atravessar a rua;

  5. Caminhe pelo acostamento ou, quando não houver, bem na lateral da pista, tanto nas estradas e rodovias, como em vias sem calçadas, sempre de frente para os veículos.

Maio Amarelo - O que é?

 

O Maio Amarelo foi instaurado a partir de uma resolução da Assembleia-Geral das Nações Unidas, baseada em estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS), que definiu o período entre 2011 e 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”.

 

Segundo a OMS, em 2009, foram registrados 1,3 milhão de mortes causadas por acidentes de trânsito em 178 países diferentes - principal causa de morte para jovens de 15 a 29 anos.

 

Ainda segundo a organização, caso não sejam adotadas ações efetivas, é possível que em 2020 seja alcançada a marca de 1,9 milhão de mortes - número que subirá para 2,4 milhões em 2030. Serão, segundo as estimativas, de 20 a 30 milhões de pessoas feridas por acidentes.

 

O mês de maio foi escolhido por ter sido o mês em que a resolução da ONU foi publicada, em 11 de maio de 2011. Já a cor amarela simboliza atenção e advertência. Neste ano, 27 países, 423 municípios e 1.425 empresas já apoiam a campanha.

 

Respeite a vida! Respeite o trânsito!

 

Imagem: Internet

Please reload

Destaques

Conheça os contemplados para as cabanas durante a Temporada de Verão

10/11/2019

1/10
Please reload

Últimas Notícias