Nota de repúdio: decisão de soltar indivíduo preso pela PMSC por portar um fuzil AR 15

20/01/2019

 

Nota de repúdio: decisão de soltar indivíduo preso pela PMSC por portar um fuzil AR 15 A ABERSSESC repudia a decisão da juíza de direito Ana Luísa Schmidt Ramos que, após audiência de custódia, neste sábado (19), mandou soltar um indivíduo preso em flagrante pela equipe de inteligência da Polícia Militar de Santa Catarina, portador de um fuzil AR 15 e munição.

 

A juíza decidiu que a prisão foi ilegal e que o rapaz não oferece perigo à sociedade.A ABERSSESC repudia a atitude da magistrada, pois demonstra uma total falta de conexão da Justiça com a atual realidade e coloca todos os cidadãos em perigo.

 

Agradecemos e parabenizamos a Polícia Militar catarinense, pela competência e busca incessante de combate a criminalidade. Esperamos que, o Judiciário de Santa Catarina reveja sua decisão.

 

 

Flavio Hamann

Presidente da ABERSSESC

Please reload

Destaques

Projeto de Lei n.º 1.645 é aprovado pelo Senado Federal

05/12/2019

1/10
Please reload

Últimas Notícias
Please reload

Arquivo