Nota de repúdio: morte de policiais militares em Santa Catarina

1/1

 

A ABERSSESC, através desta nota de repúdio, mais uma vez inicia a semana com luto pela morte de outro policial militar de Santa Catarina. A vítima desta vez foi o cabo Everaldo Campos, de 42 anos, que trabalhava no Pelotão de Patrulhamento Tático do 18º Batalhão de Polícia Militar, em Guabiruba, no Vale do Itajaí.

 

O policial militar morreu na manhã desta segunda-feira (11),  após ser baleado em frente à uma cooperativa de crédito em Guabiruba. Este já é o quarto policial militar assassinado em dois meses em Santa Catarina - número quatro vezes maior em comparação com o ano passado.

 

A ABERSSESC se solidariza com a família, amigos e colegas de trabalho do cabo Everaldo Campos que há 20 anos trabalhava na Corporação. Além disso, a ABERSSESC repudia a criminalidade, não só em Santa Catarina, como em todo o País. A morte deste policial militar de forma brutal fere, não somente a Instituição, mas toda a sociedade brasileira que se vê vítima da criminalidade que assola o Brasil e pedimos providências e respostas das autoridades.

 

Relação de policiais militares mortos nos últimos dois meses em Santa Catarina:

- 11 de agosto - Florianópolis - sargento PM Celso Oliverio da Costa;

- 28 de agosto - Joinville - cabo PM Joacir Roberto Vieira;

- 30 de agosto - Camboriú - sargento PM Edson Abílio Alves;

- 11 de setembro - Guabiruba - cabo PM Everaldo Campos

 

Flávio Hamann

Presidente da ABERSSESC

 

Please reload

Destaques

Coronavírus: atividades da ABERSSESC suspensas por sete dias a partir de 1º de abril

30/03/2020

1/10
Please reload

Últimas Notícias