Presidente da ABERSSESC e comissão do Corpo de Bombeiros Militares entregam parecer jurídico sobre QOA ao deputado Milton Hobus

1/4

Na manhã desta terça-feira (13) o presidente da ABERSSESC, subtenente Flávio Hamann, acompanhado da comissão Pró-QOA do Corpo de Bombeiros Militares, representada na ocasião pelos subtenentes Clodomar, Saulo, Sampaio e Bernardo, reuniram-se com o deputado estadual Milton Hobus (PSD/SC), para expor o parecer jurídico que fundamenta o Quadro de Oficiais Auxiliares (QOA).

 

Ao entregar o material ao deputado, o presidente da ABERSSESC afirmou que o QOA já existe em todos os outros 25 Estados da Federação, inclusive citou que Minas Gerais e Alagoas abrem cerca de 100 vagas todos os anos para o curso. “O QOA é um projeto que visa ajudar o Estado. Atualmente, a Polícia e o Corpo de Bombeiros Militar tem dificuldade na manutenção do efetivo, pois não vendo benefício ou perspectiva de progressão na carreira, passam para a reserva remunerada ao completar o tempo de serviço”, afirmou Hamann, que concluiu: “Esse projeto pretende valorizar esses profissionais a mantê-los na Corporação e, como consequência, aproveitarmos essa mão de obra qualificada e de vasta experiência”.

 

 A comissão Pró-QOA formada no Corpo de Bombeiros disse que realizou um estudo que mostra o quanto o Estado economizaria com o QOA: “São aproximadamente 4 milhões que o Estado deixará de gastar com pessoal anualmente”, afirmou o subtenente Saulo.

 

O deputado se mostrou bastante solícito e afirmou que marcará uma audiência com o governador Raimundo Colombo para tratar do assunto. “Antes de falar com o governador, peço, com urgência, que me apresentem um parecer de impacto econômico, Quero saber quanto o QOA irá trazer de saldo positivo para o Estado”, concluiu Hobus.

 

Fotos: Rafaela Dornbusch

 

Please reload

Destaques

Projeto de Lei n.º 1.645 é aprovado pelo Senado Federal

05/12/2019

1/10
Please reload

Últimas Notícias