Sócio remido dá exemplo e continua pagando mensalidade

 

 

 

Acreditando mo trabalho desenvolvido pela ABERSSESC, em promover a união de seus associados por meio da solidariedade e assistência social, e a integração atrav´pes de encontros e confraternizações, sócio dá o exemplo a muitos subtenentes e sargentos e continua contribuindo mensalmente.

 

“Continuo porque acho importante a minha contribuição para o bom desempenho da Associação”, afirmou o Subtenente Edinor Noemberg que mora no estado de Mato Grosso e poderia ser sócio remido da ABERSSESC. Contudo, o policial militar de Santa Catarina, que está na reserva remunerada, continua mensalmente pagando sua mensalidade. “Mesmo morando longe sei que posso usufruir dos espaços e serviços que a entidade oferece”, disse.

Please reload

Destaques

Coronavírus: desde decreto do Governo do Estado, roubos e furtos caem 65,4%

26/03/2020

1/10
Please reload

Últimas Notícias