Diretoria Executiva da ABERSSESC participa da entrega de Nota de Repúdio ao Ministro da Justiça



A Diretoria Executiva da ABERSSESC, representada pelo presidente e vice-presidente da entidade, Subtenentes Flávio Hamann e Cléber de Paulo Irmão, respectivamente participaram, durante o encontro da Associação Nacional de Entidades Representativas de Policiais Militares, Bombeiros Militares e Pensionistas do Brasil – ANERMB – em Brasília da entrega de uma Nota de Repúdio ao Ministro da Justiça, Alexandre de Morais. A nota repudia as ações de estrema violência contra a integridade física de policiais militares ocorrida na fazenda Ivu, no Município de Caarapó – MS. Segue abaixo a nota na íntegra:

NOTA DE REPÚDIO

A Associação Nacional das Entidades Representativas dos Policiais, Bombeiros Militares e Pensionistas do Brasil, vem por meio desta, repudiar completamente as ações de estrema violência contra a integridade física de policiais militares ocorrida na fazenda Ivu, no município de Caarapó- MS.


Uma viatura com três policiais deslocou até a fazenda Ivu para apoiar uma equipe do corpo de bombeiros em socorro aos indígenas feridos no confronto, supostamente, entre ameríndios e ruralistas.


Perto da aldeia indígena Te’yikune a viatura policial militar foi cercada por um grupo de aproximadamente 15 indígenas, que renderam os três policiais militares e tomaram seus armamentos e munições.


Os militares foram algemados e colocados deitados com o rosto voltado para o solo e segundo relato de um dos militares, todos foram torturados com socos, chutes e pauladas, além da viatura policial militar totalmente depredada pelos índios.


A Associação Nacional através de sua Diretoria Executiva, pede ao Sr. Presidente do Senado Federal DD Senador Renan Calheiros, ao Presidente da Câmara dos Deputados o DD Waldir Maranhão, ao Ministro da Justiça o Dr. Alexandre de Morais, ao Presidente da FUNAI o Dr. João Pedro Gonçalves da Costa e a Secretaria Especial de Direitos Humanos a Dra. Flávia Piovesan, a responsabilização dos culpados, dessa barbaridade cometida contra nossos policias militares e subsequentemente contra o Estado Democrático de Direito. Sendo assim, a ANERMB já está prestando todo apoio necessário aos policiais militares vitimas desse crime.

Leonel Lucas

Presidente

Foto: Divulgação/ABERSSESC



Destaques
Últimas Notícias
Arquivo
Procurar por assunto
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Siga