ABERSSESC mantém mobilização pela MP 202

A ABERSSESC esteve, nesta quarta-feira (21), novamente mobilizada na ALESC, acompanhando a reunião da Comissão de Finanças e Tributação, onde tramita a MP 202, que retira direitos adquiridos dos policiais militares. O diretor Social e Cultural, Edison Linhares Júnior, estava presente.

 

O presidente da Comissão, deputado Marcos Vieira (PSDB) informou que ainda não apresentou seu relatório sobre as MPs da segurança pública porque ainda está em tratativas com o governo do Estado, discutindo as emendas apresentadas pelos deputados. A manifestação de Vieira demonstra que ainda há possibilidade de negociação e de que a MP poderá sofrer alterações.

 

Após a reunião na Comissão, a ABERSSESC esteve reunida com lideranças do Executivo estadual e soube de antemão que o governo sinaliza com algumas concessões, entre elas, a manutenção do pagamento do IRESA para licença maternidade e em casos de doenças e moléstias graves ou adquiridas por conta da atividade policial militar.

 

Há também a informação antecipada de um incremento no IRESA de 1,11% Porém, com relação ao pagamento do IRESA, durante férias e licença especial, o governo se mantém intransigente em não conceder.

 

A ABERSSESC continua acompanhando a tramitação da MP 202 e participando de todas as reuniões da Comissão de Finanças e Tributação, bem como, em tratativas com integrantes do governo e com deputados estaduais. Pelas informações antecipadas haverá algumas concessões e continua a luta também pelo pagamento do IRESA durante as férias, uma das principais reivindicações da categoria.

 

 

Assunto:

Please reload

Destaques

Conheça os contemplados para as cabanas durante a Temporada de Verão

10/11/2019

1/10
Please reload

Últimas Notícias
Please reload

Arquivo