Mais uma vez, relatório sobre MP 202 é adiado

A Comissão de Tributação e Finanças da Assembleia Legislativa do Estado (ALESC), presidida pelo deputado Marcos Vieira, mais uma vez não apresentou o relatório sobre as emendas propostas para a MP 202, de autoria do governo do Estado, e que retira direitos dos policiais e bombeiros militares. A reunião ocorreu na manhã desta quarta-feira (23) e contou com a presença da diretoria da ABERSSESC, que saiu frustrada do encontro. A MP 202 recebeu recebeu 33 emendas, 32 da bancada do PT e uma do PSD.


Nos bastidores, o que se discute é que o governo manterá a MP como está, não aceitando nenhuma emenda. Como o prazo para votação está se aproximando, o que provavelmente poderá ser feito, caso não seja votado ate o dia 3, é a prorrogação da vigência por mais 60 dias.

Destaques
Últimas Notícias
Arquivo
Procurar por assunto
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Siga