Buscar
  • Jornalista Sandra Domit MTB 6290

ABERSSESC presta homenagem na formatura do CFS Bombeiro Militar


Foi realizada na manhã dessa sexta-feira (20), no Centro de Ensino Bombeiro Militar (CEBM) em Florianópolis, a solenidade de formatura dos alunos dos cursos de Formação de Sargento (CFS) e de Cabo (CFC). Formaram-se 50 cabos e 39 sargentos Bombeiros Militares.

A ABERSSESC homenageou a primeira colocada. O diretor de Patrimônio, subtenente Adão Cândido, entregou uma placa e uma caneta personalizada a Sargento BM Joice Steinbach, que teve média geral 9,84. O curso de sargentos teve duração de seis meses, de 28 de maio a 20 de novembro. Todos os 39 alunos que iniciaram o curso estão se formando nesta data de hoje.

Homenagens e Destaques

A paraninfa da turma do Curso de Formação de Cabos (CFC), Subtenente PM RR Margareth Hach Pratts, e o 3° Sargento BM Luiz Darci de Moraes (Curitibanos), que empresta o nome à turma, foram homenageados na cerimônia e receberam um mimo dos alunos. O aluno com a maior média geral (9,96) do CFC, consagrando-se primeiro colocado, é o Cabo BM Tiago Pizzetti Medeiros. O Cabo BM Cláudio Ronsani Ganter também destacou-se por mérito intelectual, pois teve o melhor desempenho nas disciplinas da área de ciências humanas e sociais, sendo agraciado com um prêmio da Assembleia Legislativa.

A turma do Curso de Formação de Sargentos (CFS) elegeu como nome de turma o Soldado BM Tharllys Jhones Lourenço, que veio a falecer no ano de 2014 na praia de Bombinhas. Ele foi relembrado pelos novos sargentos por meio de uma reverência durante a cerimônia. O paraninfo escolhido foi o Soldado BM Leandro Edson Daussen, eleito pela grande empatia com a turma e equilibrado senso de profissionalismo. Já o título de patrono foi conferido o Sr. Fernando Marcondes de Matos.

A primeira colocada do CFS, com média geral 9,84, é a Sargento BM Joice Steinbach, condecorada com medalha. Já o Sargento BM José Eduardo dos Santos recebeu o prêmio Mérito Intelectual da Assembleia Legislativa.

Palavra do Comandante

“Durante o período de formação os senhores fizeram muita falta em seus locais de trabalho, mas certamente a Corporação ganha a longo prazo. Mais do que cumprir um requisito para a promoção na carreira, os ensinamentos adquiridos em sala de aula se reverterão em benefício à sociedade, pois nossa atividade envolve risco e preparo constante. Repassem o que aprenderam no curso e na experiência que têm no atendimento das ocorrências e rotinas administrativas aos colegas de profissão”, afirmou na ocasião o Comandante-Geral do CBMSC, Coronel BM Onir Mocellin.

com informações do CBMSC

#formatura #homenagem #CFS #CFC

0 visualização